Câncer de Mama

Diagnóstico precoce aumenta as chances de cura do problema. Conheça os fatores de risco.
O câncer de mama é uma das doenças que mais mata as mulheres. A cada ano, acomete cerca de 9 milhões de pessoas e mata 5 milhões - de acordo com números do Instituto Nacional de Câncer, do Ministério da Saúde. É uma doença que gera medo e insegurança.
No entanto, é importante saber que, com diagnóstico precoce, as chances de cura e de controle do câncer de mama são grandes. Daí a importância da informação e do conhecimento.
A busca tardia por tratamento é um dos principais vilões quando assunto é o câncer de mama. Aliado a isso, freqüentemente está o desconhecimento e a falta de orientação adequada.
Por isso, é fundamental que a mulher busque informações sobre o próprio corpo e, principalmente, esteja consciente da importância de consultar regularmente o ginecologista. Assim, poderá sempre checar se está tudo bem com a sua saúde e detectar precocemente eventuais problemas. Importante lembrar que o homem também pode ser acometido pelo câncer de mama.
Algumas informações sobre o câncer de mama:As causas do câncer de mama ainda não são exatamente conhecidas. Porém, existem diversos fatores que fazem com que algumas mulheres sejam mais predispostas a desenvolver a doença do que outras - e que devem servir de alerta. Veja alguns deles:
· histórico familiar: mulheres com parentes de primeiro grau (mãe, irmãs) que tiveram câncer de mama têm mais chances de desenvolver a doença· displasia severa: existência crônica de nódulos nos seios· primeira menstruação precoce e menopausa tardia· nenhum filho ou gravidez tardia (após os 35 anos)
Em caso de dúvidas, consulte o médico!
O diagnóstico precoce do câncer de mama é fundamental. E, nesse processo, a mulher pode ajudar - e muito.
O auto-exame, em que a própria mulher apalpa as mamas para checar se há alterações, costuma ser um procedimento eficaz. É importante que a mulher busque orientação de um médico para saber como e com que freqüência deve realizar o exame. Ao notar qualquer diferença, a mulher deve informar o médico o quanto antes.
A mamografia, exame da mama feito com raio-x, é outro procedimento importante para o diagnóstico precoce. A freqüência com que deve ser feito depende da idade da mulher e das suas características pessoais (como histórico familiar e quantidade de fatores de risco). É muito importante que a mulher converse com seu médico para saber como deve proceder.
Vale lembrar que, desde a primeira menstruação, é recomendável que a mulher consulte o seu ginecologista pelo menos uma vez por ano. Assim, pode esclarecer todas as dúvidas e afastar medos e inseguranças.
São várias as abordagens de tratamento para o câncer de mama. Quanto antes a mulher começar a tratar, melhores serão os resultados.
Dentre as várias abordagens está a cirurgia - que pode ter grande eficácia. A prescrição do tratamento depende de cada caso e só o médico pode avaliar e decidir o que deve ser feito.O conhecimento é sempre um grande aliado. Quanto mais a mulher conhece seu corpo, melhor ela aprende a cuidar de si e da sua saúde.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...