Preparação de alimentos no microondas preserva mais vitaminas

Nada mais rápido do que preparar a comida no forno de microondas. Mas, para que a praticidade não se transforme em tormento, é preciso usar refratários corretos --utensílios apropriados para esse fim, cuja descrição está no rótulo, são os mais indicados.
"Plástico, vidro, papel e isopor podem ser usados, mas só para esquentar o alimento, porque, em preparações mais longas, correm o risco de pegar fogo, e o vidro pode quebrar com o choque térmico", diz a química Patrícia Tozzi, da Sprim Brasil Consultoria Farmacêutica e Nutricional.
O uso do papel alumínio é permitido em pequenas porções, para proteger carnes, mas não se deve deixá-lo encostar nas paredes do forno, sob risco de gerar faíscas.
Para aquecer comida de bebê de maneira rápida, podem ser usados os potinhos comerciais feitos de vidro.
Com esses cuidados, é possível aproveitar as vantagens desse tipo de preparação. As nutricionistas Laila Figueira e Mônica Gusmão, também da Sprim, dizem que muitas vitaminas --especialmente as do complexo B e a C-- que são quase totalmente destruídas no processo tradicional de cozimento permanecem praticamente inalteradas no alimento preparado no microondas.
"Esse tipo de preparo é um dos melhores métodos de preservação nutricional, porque os tempos de cozimento são muito curtos", explicam.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...